Belo Horizonte, domingo, 17 DE novembro DE 2019
O melhor jornal de bairro de Belo Horizonte.

UM BAIRRO IDEAL PARA TODAS AS IDADES


            Devido à sua característica de bairro universitário e que também recebe muitos novos casais, o Buritis ganhou ao longo dos últimos anos a fama de ser um lugar predominantemente para o público jovem. De fato, nosso bairro tem de forma bem marcante essa característica. No entanto, as pessoas que estão se aproximando ou já passaram da idade dos "enta" não têm do que reclamar de morar aqui. A cada dia que passa, o Buritis se mostra um bairro cada vez mais completo, que oferece tudo o que quem já está estabilizado na vida procura.

            Professora dos cursos de engenharia do UniBH, Christianne Rodrigues se mudou para o Buritis no ano de 2001. A decisão de vir para o bairro foi justamente para estar próximo à universidade, onde iria começar a lecionar. À época com 35 anos e um filho de 5 já era uma mulher madura. O bairro não tinha toda a estrutura de hoje, mas lhe encantou assim que colocou os pés aqui. "Ele era bem aberto. Muito verde. Me dava uma sensação de leveza. Sempre adorei fazer caminhadas pelo Buritis e frequentar seus parques e praças, em especial o Parque Aggeo Pio Sobrinho, onde levei meu filho para brincar muito e conheci muita gente".

            Hoje, 18 anos depois, a agora mais madura Christiane de 53 anos de idade enxerga e usufrui do Buritis de outra forma. Hoje, a facilidade em viver em um lugar que tem praticamente de tudo é algo que lhe proporciona, segundo ela, uma excelente qualidade de vida. "Como eu trabalho no bairro não preciso de sair daqui para nada. Vou ao shopping, ao banco e, claro, aos bares e restaurantes. Eu podia até sair do Buritis para conhecer outros lugares, mas prefiro convidar meus amigos a virem pra cá, pois tenho a certeza de que todos irão adorar", comenta a moradora da Avenida Deputado Cristovam Chiaradia.

            Quem também se mudou para o Buritis e não poderia ter feito escolha melhor em sua vida foi o representante de vendas Felipe Teixeira. Quem conhece Felipe sabe das fortes raízes que ele e sua família têm com a região do Barreiro. Veio a conhecer o Buritis mesmo quando iniciou a fazer a faculdade de Ciências Contábeis no ano de 2000. Em 2005, Felipe optou por mudar de curso e foi para a área do Turismo, onde se formou em 2009. Nesses nove anos de estudos acompanhou de perto o crescimento do Buritis e ainda conheceu a namorada, hoje esposa, a empresária Flávia Moraes, que já era uma moradora do bairro. Assim que trocou as alianças, há seis anos, não teve dúvida: era aqui que iria morar.

            Felipe primeiro morou na Rua José Silveira, depois passou pela José Hemetério Andrade até chegar à Esmeraldo Botelho, onde reside atualmente aos 39 anos de idade. Há cinco anos, ainda teve a grata novidade em sua vida de ser convidado a trabalhar como representante comercial da JYAS, empresa especializa em importação e exportação de materiais cirúrgicos e hospitalares, que está instalada no Buritis. A partir de então, somente sai do bairro para fazer negócios. "Minha vida é aqui. Moro, trabalho, escola da minha filha, minha sogra, vou ao banco, à academia, aos restaurantes. Até clube. Pouca gente sabe, mas existe um clube dentro da Copasa do bairro, que é aberto para sócios que não são funcionários da companhia. Eu e meus amigos somos alguns deles. Faço parte de uma Confraria. Essa característica que muitos dizem de ser um bairro dormitório eu, particularmente, não concordo. Aqui eu fico bem acordado", brinca.

            Outro fator de destaque citado por Felipe, e que é muito importante para uma pessoa mais madura, é a segurança. De acordo com o representante comercial, depois que a Base Comunitária foi instalada, os moradores estão vendo a polícia, o que passa uma sensação de segurança muito maior e que reduziu a criminalidade. "Antes era muito comum ouvir falar que carros haviam sido arrombados nas ruas do bairro. Hoje são raros os casos. Os moradores também não sabiam onde era a sua companhia de polícia. Ficava longe. Agora, todos já sabem onde ela está. Eu, e muitos outros moradores dessa faixa etária, pais de família, sabem o quanto isso faz diferença na vida".

            Ainda de acordo com o morador da Esmeraldo Botelho, o próximo passo a dar será trazer o pai, o ex-vereador Totó Teixeira, para morar perto dele. "Aos poucos estou convencendo o velho. Ele já vem me visitar, sai para os bares com a gente. Tenho certeza que logo logo estará aqui. Até porque vai querer estar perto da família nesse restante da vida e eu não me vejo mais morando em outro lugar. Vou envelhecer no Buritis".

Bairro de avós

            Quando se fala da família Buritis, logo vem à mente um casal de jovens com um filho pequeno. Contudo, uma figura muito importante da família também usufrui bem do nosso bairro: os avós. A educadora Sueli Baliza Dias é um grande exemplo. Ela mudou para a Avenida Senador José Augusto, no Buritis, há dois anos e meio. Apesar de já ter uma história com o bairro – foi professora e reitora do UniBH entre os anos de 2000 e 2012– vinha aqui apenas a trabalho. Em 2017 decidiu se mudar para o bairro com o objetivo de ficar perto da filha, e principalmente dos netos, à época com 4 e 2 anos. Tirando a enorme alegria de estar próximo às crianças, a escolha em vir para o bairro também foi excelente para o seu dia a dia.

A praticidade oferecida pelo bairro, que dispõe de todos os serviços, desde comércio à mão de obra, além da variedade da gastronomia e os bons espaços públicos, são fatores que fazem com que Sueli não precise, e nem queira, sair do bairro, a não ser para trabalhar. Atualmente, é Secretária de educação da cidade de Contagem, cargo que ela também ocupou na Prefeitura de Belo Horizonte durante o segundo mandato do ex-prefeito Marcio Lacerda (2013/2016). “Assim como eu, tenho amigos mais velhos, também avós, que moram aqui e adoram. Tem muita coisa boa à disposição. Sinceramente, não vejo como sendo um bairro só para jovens. O Buritis é para todos. Me mudei pra cá e espero não sair nunca mais”.

Bom pra melhor idade

            Bem, pela reportagem ficou claro que o Buritis é um bairro ideal para quem não é mais nenhum jovem, mas que ainda tem muita "lenha para queimar". Mas, e a pessoa da terceira idade, que já ultrapassou os sessenta, será que o bairro lhe atende bem? Quem responde essa pergunta é a psicóloga aposentada Denize Pessali.

            No próximo mês de dezembro Denize irá soprar as velinhas. Vai comemorar 65 anos de vida tendo que enfrentar muitos obstáculos. Teve uma infância muito difícil com uma grave doença que acometeu seu pai. Adulta, se casou, mas a união acabou se desfazendo. Isto há 22 anos, quando então se mudou para o Buritis. Mal sabia ela que ali estava tomando a decisão que iria mais pra frente mudar sua vida. Há apenas três anos conheceu as atividades da Academia da Cidade, no UniBH, e de lá pra cá, haja disposição!

            A Academia da Cidade se transformou em Academia da Saúde. Nela, Denize pratica atividades físicas três vezes por semana. Por meio da academia, acabou conhecendo o projeto ASPRAMI – Projeto Melhor Idade -, que oferece várias atividades para a turma mais experiente do Buritis e região. "Na associação eu faço meditação, yoga, crochê, oficina de memória. Ainda tem a terapia Lian Gong, no parque do vizinho Estrela D''''''''''''''''''''''''''''''''alva. E o que mais aparecer vou fazer. Tenho uma vida atribuladíssima", se diverte, ressaltando que o próximo passo é voltar para a Zumba.

            Além de cuidar do corpo e da mente, fazer todas essas atividades proporcionou à moradora da Rua Engenheiro Godofredo dos Santos a oportunidade de conhecer muitas pessoas. Com o novo ciclo de amizades a vida social também mudou bastante. "As meninas da ASPRAMI marcam encontros o tempo todo, seja na casa de alguém ou em bares e restaurantes do bairro. É sempre uma grande festa com pessoas que você sabe que querem apenas o seu bem.            Antes, meus filhos me diziam para mudar do Buritis. Que aqui era um bairro muito caro. Hoje, eles nem tocam mais no assunto. Não tenho dúvidas em dizer que estou no melhor momento da minha vida", finaliza.

O melhor jornal de bairro de Belo Horizonte.

CONTATO

(31) 2127-2428 / (31) 99128-6880
Av. Prof. Mário Werneck, 1360, Lj 401 F, 4º andar, Shopping Paragem, Bairro Buritis - BH/MG
CEP30455-610 E-mail contato@jornaldoburitis.com.br

       
© 2018 Jornal do Buritis. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por SITEFOX