Belo Horizonte, quarta-feira, 1 DE dezembro DE 2021
O melhor jornal de bairro de Belo Horizonte.

TÍQUETE MÉDIO DA BLACK FRIDAY NA CAPITAL SERÁ DE R$261,72


Publicado em 10/11/2021

         A pesquisa ‘Intenção de Vendas – Black Friday’ realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) com comerciantes da capital aponta que o tíquete médio de compras da Black
Friday em Belo Horizonte deve ser de R$261,72. A expectativa é que cada consumidor compre dois pro-
dutos, totalizando R$523,52.

        Com a adesão, até o momento, de 71,1% dos comerciantes da capital, 68,2% acreditam que a Black Friday deste ano será melhor que a última. Para isso, os lojistas estão investindo em descontos atrativos (69,3%), divulgação dos produtos (58,5%), promoções (47,2%), facilidade de pagamento (25,5%) e
redes sociais (8,5%).

        “O crescimento da expectativa de vendas é um reflexo da retomada da economia que, felizmente, já vem ensaiando um crescimento ao longo dos últimos meses. Além de fatores como avanço da vacina-
ção, teremos também o pagamento antecipado do 13º salário do funcionalismo público municipal e do
pagamento em dia do estadual. Isso significa mais de um bilhão de reais injetados na economia. Para a Black Friday, estima-se que as vendas vão movimentar mais de dois bilhões de reais”, afirma o residente da CDL/BH, Marcelo de Souza e Silva.

         Em relação à preparação do estoque para a data, 61,1% afirmam que será igual ou maior ao do ano passado. Somente 7,2% dizem que será menor. “Os lojistas sabem que muitos consumidores aproveitam a data para antecipar as compras de Natal. Além disso, notamos que o comércio de rua vem retomando sua força, isso ficou comprovado com o Dia das Crianças, onde as lojas físicas foram a escolha de 90% do público. Isso é mais um motivador para pensar no estoque com mais atenção”, analisa Souza e Silva.

Roupas em primeiro lugar

           As roupas deverão ser os produtos com maior saída, 41,5%. Em seguida estão os eletrônicos, eletrodomésticos e objetos para casa, com 13,7%. Em terceiro lugar estão os calçados, 9,4%. Cosméticos estão na quarta opção (9,0%), acessórios em seguida, com 6,1%. E, por fim, móveis com 4,2%.

           Os eletrônicos e eletrodomésticos lideram o ranking de maior tíquete médio: R$561,11. Em seguida aparece vestuário (R$22,61), calçados (R$163,75) e cosméticos (R$90).

          Na visão dos lojistas entrevistados, a maioria dos consumidores (52,8%) irá optar pelo pagamento a
prazo e escolher, em média, até cinco parcelas. O pagamento à vista no cartão de crédito deverá ser a escolha de 29,2%. Já o pagamento à vista (transferências, débito e dinheiro em espécie) representa 17,4%. “Vale lembrar que os consumidores aproveitam a data para adquirir produtos de maior valor agregado. Algo que, em datas comuns, não seria de fácil aquisição. Por isso, eles optam por pagamento parcelado, com prestações mais suaves”, ressalta o dirigente.

Divulgação on-line

            A pesquisa revelou ainda que os comerciantes vão utilizar as mídias sociais como ferramenta de divulgação. Dentre todas as mídias disponíveis, o Instagram será usado por 92% dos lojistas. Facebook será a plataforma de 34,9%. Propaganda na televisão representa 6,6%, WhatsApp (3,8%) e distribuição de panfletos (5,7%).

O melhor jornal de bairro de Belo Horizonte.

CONTATO

(31) 2127-2428 / (31) 99128-6880
Av. Prof. Mário Werneck, 1360, Lj 401 F, 4º andar, Shopping Paragem, Bairro Buritis - BH/MG
CEP30455-610 E-mail contato@jornaldoburitis.com.br

       
© 2018 Jornal do Buritis. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por SITEFOX

(31) 99128-6880