Belo Horizonte, segunda-feira, 1 DE junho DE 2020
O melhor jornal de bairro de Belo Horizonte.

PROCURA POR ALUGUÉIS NO BURITIS SEGUE EM ALTA


           Morar no Buritis tem sido o desejo de um número cada vez maior de pessoas. A prova disso é a força imobiliária que o bairro mantém há muitos anos. De acordo com dados da SECOVI/MG, entidade sindical criada pela CMI (Câmara do Mercado Imobiliário de Minas Gerais), 8% dos imóveis vendidos em Belo Horizonte registrados em cartório são do nosso bairro. Se contabilizarmos que BH tem 487 bairros, percebe-se o quanto esse número é significativo.

           Mas se a venda de imóveis no Buritis permanece forte, a de alugueis é ainda mais impressionante. Apesar de não existir uma forma de contabilizar esse tipo de dados, o dia a dia nas imobiliárias do bairro demonstra o quanto o Buritis é procurado para locação. De acordo com o diretor da VPR Imóveis, Frederico Papatella, atualmente a imobiliária conta uma cartela de 300 clientes mês interessados em alugar imóveis no bairro. Em contrapartida, no momento possui apenas 12 para oferecer. “Para se ter uma ideia, o tempo médio gasto aqui na VPR para a rescisão de um processo de locação e uma nova dura, em média, apenas cinco dias. Isto é algo impressionante”.

           A infraestrutura oferecida pelo Buritis é a principal razão para esta grande procura pelos aluguéis. Quem mora no bairro não precisa sair daqui para nada. Tem um comércio forte, bancos, escolas, serviços, enfim, quase tudo que as pessoas precisam. Além disso, o Buritis se tornou um bairro universitário, com a presença de grandes instituições de ensino superior. E até quem trabalha em indústrias que ficam distantes daqui tem preferido o bairro. “Tenho clientes que trabalham na Fiat, na Vale A Vale, inclusive, disponibiliza um ônibus para buscar seus funcionários que passa pelo Buritis. É uma comodidade”, diz Papatella.

Confiança no bairro

           Mesmo com esse número de oferta bem abaixo que a procura, a imobiliária demonstra toda a sua confiança no Buritis. Tanto que desde o início do ano sua diretoria decidiu não mais realizar negócios em outros bairros da cidade. Seus corretores trabalham exclusivamente no bairro e no vizinho Estoril.

            “Com esta iniciativa podemos oferecer uma experiência ao nosso cliente. Nossos corretores conseguem mostrar a ele todas as vantagens de se morar naquele lugar, como distância à escola, restaurantes, saídas. Não é apenas a estrutura física do imóvel. É é o que morar ali pode significar. Para trabalhadores autônomos conseguimos muitas vezes fazer o aluguel do imóvel e também de uma sala comercial, que aqui no Buritis tem o preço muito mais em conta que em outras regiões de BH”.

            Em relação ao número baixo de oferta de aluguéis, e se isso pode estar relacionado a proprietários que queiram valorizar demais o seu imóvel, Papatella não acredita nessa situação, uma vez que, segundo ele, o imóvel parado gera muito mais gastos que um locado a um valor mais baixo. “Ele parado gera despesas com condomínio, IPTU, luz, água ou gás dependendo do edifício, consertos como pintura, parte elétrica. Se o proprietário estiver segurando para tentar encontrar R$100 a mais, por exemplo, pode ter certeza que, além de deixar de estar recebendo, ainda vai ter um gasto no fim do ano superior ao valor que pleiteia receber”.

O melhor jornal de bairro de Belo Horizonte.

CONTATO

(31) 2127-2428 / (31) 99128-6880
Av. Prof. Mário Werneck, 1360, Lj 401 F, 4º andar, Shopping Paragem, Bairro Buritis - BH/MG
CEP30455-610 E-mail contato@jornaldoburitis.com.br

       
© 2018 Jornal do Buritis. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por SITEFOX