Belo Horizonte, quinta-feira, 30 DE junho DE 2022
O melhor jornal de bairro de Belo Horizonte.

POPULAÇÃO NÃO PODE RELAXAR COM O COMBATE À DENGUE


Publicado em 10/05/2022

             Na edição de abril do JORNAL DO BURITIS mostramos a importância de os belo-horizontinos manterem todo o seu calendário de vacinas em dia, e não apenas a imunização contra a Covid-19. De fato, o coronavírus segue sendo o nosso maior vilão na atualidade. Contudo, é preciso nos prevenir de todas as doenças. Dentro deste contexto, falamos agora sobre os cuidados que devemos ter para evitar uma epidemia que, durante anos, trouxe muitos tormentos aos moradores de Belo Horizonte: a dengue.

             Nos últimos dois anos, especialmente no início da pandemia, em março de 2020, o trabalho da Vigilância Sanitária da capital no combate à dengue foi bastante prejudicado. No início da pandemia os agentes sanitários também foram submetidos ao isolamento social. Mais adiante, quando os profissionais retomaram as atividades, mesmo cumprindo rigorosamente todos os protocolos de segurança, muitas vezes eram impedidos de entrar nas residências por pessoas que temiam o contágio.

             Por fim, mesmo estando em casa, a preocupação em torno da contaminação da Covid-19 foi tamanha que muitos cidadãos ficaram relapsos quanto aos cuidados de limpeza de possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor não somente da dengue, mas também da Zika e Chikungunya. Por estas razões, somado ao longo período de chuvas que tivemos nos primeiros meses do ano, a Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) convoca todos os cidadãos de BH a fazerem sua parte no combate à proliferação do mosquito transmissor.

             Diretor de Zoonoses da SMSA, Eduardo Viana Gusmão, revela que o grande trabalho do órgão na luta contra a dengue é orientar a população a não deixar água parada nas residências. As medidas são simples e já bastante conhecidas, porém, precisam ser constantes. “Na verdade tem que haver uma mudança de comportamento do cidadão, de rotina mesmo. Uma única vez por semana que o morador observar possíveis focos do mosquito na sua casa, e eliminá-los, é suficiente para acabar com os criadouros”.

             No Buritis, especificamente, a maior preocupação continua sendo os lotes vagos e as construções inacabadas. Locais muito propícios para formação de criadouros do Aedes aegypti. Eduardo pede para que a população ajude o órgão na fiscalização destes lugares, realizando denúncias.

            “Hoje está ainda mais simples fazer a denúncia. Basta acessar o aplicativo da PBH e ir à opção reclamações. Assim que tivermos a informação, nós temos o poder de invadir estes locais, contatar os proprietários e exigir a limpeza, sob pena de aplicação de multas e outras punições”.

            Outro ponto importante para evitar a dengue no Buritis é a atuação dos zeladores e síndicos dos condomínios. De acordo com o diretor, estes profissionais têm a nobre missão de informar aos agentes como está a situação do imóvel.

            “Eles podem dizer se estão aparecendo muitos pernilongos. Mostrar locais de possíveis focos que os agentes não observaram, ou seja, são os informantes do bem. Inclusive, podem entrar em contato com a Regional e solicitar uma vistoria minuciosa do condomínio”.

Segurança

            A série de notícias espalhadas nas redes sociais de que bandidos disfarçados de agentes da Zoonoses estariam entrando nas residências e cometendo furtos também atrapalhou muito o trabalho de combate à dengue na capital. Eduardo compreende o medo da população, mas diz que é muito simples verificar se aquela pessoa que está na porta é, ou não, um profissional do órgão.

           “Antes de permitir a entrada, basta ligar no 156 e informar ao atendente que você quer checar o roteiro do agente responsável pela área de sua residência. Na mesma hora você irá receber todas as informações a seu respeito e aí basta conferir se os dados batem. Sempre digo, as doenças transmitidas pelo Aedes aegypti são graves e de caráter coletivo. Ou seja, a atuação de todos é que fará a diferença”.

O melhor jornal de bairro de Belo Horizonte.

CONTATO

(31) 2127-2428 / (31) 99128-6880
Av. Prof. Mário Werneck, 1360, Lj 401 F, 4º andar, Shopping Paragem, Bairro Buritis - BH/MG
CEP30455-610 E-mail contato@jornaldoburitis.com.br

       
© 2018 Jornal do Buritis. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por SITEFOX

(31) 99128-6880