Belo Horizonte, terça-feira, 11 DE dezembro DE 2018
O melhor jornal de bairro de Belo Horizonte.

NIGTH MARKET: UM PESADELO NA REGIÃO


          O termo "night market" é bastante comum para quem algum dia já foi aos Estados Unidos ou Londres. As feiras noturnas são uma ótima opção para fazer suas compras, em um ambiente bastante agradável. No entanto, este termo tem um significado bem diferente para muitos moradores dos bairros Buritis e Estoril. A "night market" que temos por aqui, na verdade, se tornou uma grande boate a céu aberto, que propaga som em elevada potência até alta madrugada. Desde que foi inaugurada, há cerca de dois anos, causa transtornos e incômodos e o poder público se mostra inoperante diante do fato.

            Morador na Rua Sebastião Stokler, o advogado Rafael Dantas construiu uma residência típica de quem busca um lugar tranquilo para viver com a família. Sua casa está em um ponto alto do bairro e no quintal muita área verde, que nos remete ao típico ar do interior. Quem visita o local, mal pode imaginar que à noite tudo se transforma. Assim que as caixas de som da Night Market Rooftop são ligadas, a pacata residência parece se transformar em uma boate. Há dois anos são assim as noites de sexta, sábado e esporadicamente quinta e domingo, de Rafael e sua esposa. "O protetor auricular virou peça de cabeceira. Já orcei para instalar janelas de isolamento acústico, mas é preciso ter ar-condicionado e o aparelho não faz bem a mim e minha esposa. Perdi a conta das vezes em que me peguei acordado às 03h da manhã. Sem conseguir dormir fui trabalhar, trocando a noite pelo dia. Se não fosse a casa que construí do jeitinho que eu queria já teria me mudado, assim como alguns vizinhos já o fizeram".

            Como o JORNAL DO BURITIS mesmo expôs na edição de abril, Rafael ressente os problemas de uma noite muito mal dormida. "É estresse, irritação, cansaço. Sem contar a revolta pela falta de respeito do ser-humano com o próximo".

Batalha

            Nestes dois anos, o advogado vem acumulando provas e documentos contra a boate. O principal deles, um TAC - Termo de Ajustamento de Conduta feito pelos proprietários da Night Market na Delegacia de Polícia Civil garantindo que iriam fazer algo para solucionar o problema. Segundo Rafael, não apenas não cumpriram, como ainda não compareceram a um chamado da Justiça para discutir a situação. "Não conversam. Se não temem a lei, imagina perante um cidadão comum. Não sei como vai terminar, mas, sinceramente, estou sem perspectivas".

            De acordo com Rafael, os demais inquilinos do prédio onde está instalada a boate desejam a sua retirada, entretanto, é preciso provas mais contundentes para obterem alguma vitória. "A própria fiscalização da Prefeitura disse que o som estava 01 decibeis abaixo do permitido. Sem provas não tem como elaborar um processo forte".

Maior participação

            Porém, não é apenas a boate que tem incomodado o advogado nos últimos tempos. A falta de ação de mais moradores também o aborrece. Segundo Rafael, as pessoas estão se escondendo atrás de redes sociais para mostrar que estão fazendo algo. "Ficar no Facebook dizendo que não dormiu à noite, não adianta nada! Ligou para a polícia? Registrou reclamação na Prefeitura? Já está difícil, se não agir de verdade vai ser impossível", exalta.

            Segundo o advogado, já ouviu que existe uma ideia de a boate deixar o terraço do prédio e descer para dentro de um andar. Esta é a sua maior esperança no momento. "Deixariam de propagar o som. Ficariam em um ambiente fechado. Pelo menos o meu problema acho que seria solucionado".

Primeiras vitórias

             Apesar de ainda não haver uma solução para o problema, uma luz parece começar a surgir no caminho. Recentemente, a ABB - Associação dos Moradores do Bairro Buritis, juntamente com moradores, se reuniram com os diretores da Night Market em busca de uma conciliação para se resolver os problemas. Ao fim do encontro, foi definido que um grupo de whatsapp seria criado, para estabelecer um canal direto entre os administradores e a comunidade para que qualquer problema seja resolvido em tempo real. "De lá pra cá ficamos sabendo que toda vez que o grupo é acionado, uma providência rápida é tomada. Contudo, são situações do momento. Uma solução para p problema, como por exemplo, mudar as caixas de som de lugar, não foram tomadas. Mas, vejo isto como um bom começo", diz p presidente da ABB, Braulio Lara.

Resposta

            Em contato com a assessoria da Night Market o JORNAL DO BURITIS recebeu a seguinte resposta: "O Night Market está localizado no ponto mais alto do bairro Estoril, visível de diversos pontos do Buritis. Informamos que tomamos ciência de contatos feitos através de nossas redes e procuramos sempre auxiliar no esclarecimento das mesmas, uma vez que estamos instalados em uma região populosa e com alta concentração de estabelecimentos com funcionamento noturno".

            Quanto ao Termo de Ajustamento de Conduta e a não presença no encontro marcado pela Justiça, a garante que cumpriu todos os pontos do acordo. "Inclusive o Night Market conta com uma grande parte coberta e com isolamento acústico destinada a execução de música. O Night Market foi citado em um processo, realizou um acordo com o MP e tem cumprido o acordo".

 

O melhor jornal de bairro de Belo Horizonte.

CONTATO

(31) 2127-2428 / (31) 99128-6880
Rua Cristiano Moreira Sales, 150, Sala 810, Bairro Estoril - BH/MG, CEP 30494-360
contato@jornaldoburitis.com.br

       
© 2018 Jornal do Buritis. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por SITEFOX