Belo Horizonte, quarta-feira, 21 DE abril DE 2021
O melhor jornal de bairro de Belo Horizonte.

JB E BURI DOGS FAZEM PARCERIA PARA INCENTIVAR ADOÇÃO DE CÃES


Publicado em 12/03/2021

          A grande paixão pelos animais fez com que um grupo de moradores do Buritis, apaixonados pela causa animal, há cerca de um ano e meio, se juntasse na tentativa de fazer algo para melhorar um pouco a vida dos peludos que moram nas ruas. Assim nasceu o Buri Dogs. Sempre com recursos próprios, inicialmente os voluntários saíam com sacos de rações e garrafas de água nos carros e quando avistavam um animalzinho em situação de rua os alimentava e hidratava. Porém, esta bela ação ganhou tanta repercussão no bairro que muitos outros moradores foram aderindo à causa e hoje o Buri Dogs se tornou uma referência em proteção animal.

         É importante esclarecer que o Buri Dogs não é uma ONG nem um grupo de resgate, pois não tem estrutura física, materiais apropriados nem fontes financeiras para custear os custos. Trata-se de um grupo de pessoas voluntárias e amantes dos animais que trabalha principalmente para proporcionar um lar para os cães em situação de rua. A grande vitória do grupo é quando um “amigo” consegue um lar para viver, ser bem tratado e proporcionar felicidade aos seus tutores.

          Desde quando os trabalhos foram iniciados o grupo conseguiu resgatar 60 filhotes e 55 adultos, aproximadamente, sendo que todos os adultos foram castrados, vacinados e vermifugados. Destes, cinco animais adultos ainda estão para adoção, esperando por alguém que lhes dê uma chance de ser feliz e te fazer feliz. Como a causa animal é uma das grandes bandeiras do JORNAL DO BURITIS, decidimos fazer parte desta linda família Buri Dogs. Desde o nascimento do grupo, o JB fez questão de registrar a grande da atitude de nossos vizinhos em várias reportagens.

           A partir deste mês de março, o JB firmou uma parceria com o objetivo de contribuir ainda mais para a manutenção do Buri Dogs. Empresas que fizerem doações para ajudar a sustentar as ações do grupo terão preços diferenciados para anunciar no JORNAL DO BURITIS, tanto no veículo impresso quanto nas redes sociais. O mesmo também vale para pessoas físicas e profissionais liberais. Atualmente, o JB tem 12 mil exemplares distribuídos gratuitamente nas residências e estabelecimentos comerciais. Atinge um público alvo de aproximadamente 50 mil pessoas. Nas redes sociais, são mais de 12 mil seguidores no Instagram e mais de 11 mil no Facebook. Além disso, todas as doações e contribuições serão registradas nas páginas do jornal e nas redes sociais como mídia espontânea.

           "O Buri Dogs é um grupo de voluntários onde ninguém é remunerado, a não ser pela gratidão que vemos nos olhos dos nossos cãezinhos. Temos encontrado alguns anjos pelo caminho que nos doam dinheiro, remédios, caminhas, ração, vermífugos, casinhas, etc, que são usados única e exclusivamente para nossos patudos. Mas precisamos de muito mais para poder ajudar outras dezenas de cães que continuam por aqui sofrendo todo tipo de dor, fome e solidão. Esta parceria com o JB será muito importante e fará a diferença", ressalta Adriana Mariano, advogada, voluntária do Buri Dogs.

            Para se ter uma ideia do esforço dos voluntários do grupo, atualmente ele conta com aproximadamente 30 colaboradores fixos, que doam mensalmente de R$10 a R$20 em média. Ou seja, o que conseguem arrecadar mal paga as despesas dos animais que ajudam com tratamentos, ração e vacinas. "Quando nos deparamos com situações mais graves, como foi o caso do Toddynho e da Lobinha, em que a conta ultrapassou R$4.200, ficamos divulgando em nossas redes pedindo doações ou oferecendo rifas para conseguirmos pagar a dívida. Isso acaba nos impossibilitando de ajudar outros animais até que consigamos pagar as despesas já realizadas".

Emoção ao adotar 

            A psicóloga Vanessa Cesar Magalhães, moradora na Rua Rubens Carvalho de Andrade, foi uma das pessoas a adotar um cãozinho acolhido pelo Buri Dogs. No dia 17 de julho de 2020 a Amora foi resgatada nas ruas no bairro pelo grupo e já no dia 19 daquele mês estava em seu novo lar. Desde então, a vida da casa mudou. De acordo com Vanessa, a Amora foi um presente de Deus. Um presente com o apoio do Buri Dogs.

           “Desde que minha filha nasceu ensino a ela a importância do amor e o cuidado com os animais. Sou de uma família de veterinários e sempre tive cães, mas a experiência de adotar é única e maravilhosa! Poder contribuir com essa causa nos trouxe enorme satisfação, um sentimento de “fazer a diferença”, mas o mais importante é que salvamos a vida dela e ela a nossa. Sua alegria é contagiante. É uma cachorrinha carinhosa, sapeca, inteligente, obediente e super companheira”. “O que seria da nossa casa sem a Amora? Não consigo nem imaginar’, completa a filha Carolina, de 6 anos.

           Quem também fez este grande ato de amor foi o professor Anderson Tofani, morador na Rua Eli Seabra Filho. Ao lado do companheiro Ricardo Felipe, em setembro do ano passado eles adotaram a Britney. "Acordei numa manhã bem chuvosa e fria com a mensagem do Ricardo sobre um doguinho que estava no ponto de ônibus sozinho, na chuva. Ele me mandou a foto e fiquei com muita dó. Aí entrei no facebook e vi na mesma hora um post do Buri Dogs pedindo um lar temporário para a mesma cadelinha. Foi coincidência demais e não resisti. O Buri Dogs resgatou, deu banho e trouxe ela com todos os acessórios que um lar temporário precisava ter. Mas o lar temporário falhou e agora o apartamento é dela, principalmente o sofá e a minha cama".

           Anderson dá um importante depoimento explicando a dificuldade de adaptação no início. Mas que ,com amor e dedicação, tudo se ajeita da melhor forma. "Foi um pouco difícil, ela estava acostumada a viver nas ruas e de repente vive em um apartamento pequeno. Comeu muitas das nossas marmitas, chinelos, meias, mas graças a Deus foi diminuindo com o tempo e agora é deixar uma cenoura na pia que ela encontra e deixa nossas roupas em paz. Adora passear e é uma atração na rua, querendo a atenção e carinho de todo mundo que passa. Faz jus ao seu nome - Britney. Ela faz até uma dancinha especial pra conquistar os outros. Ninguém sabe meu nome aqui no condomínio, mas todos sabem quem ela é. A rotina mudou, mas trouxe suas vantagens. Sair pra caminhar duas vezes por dia resolveu o meu problema de refluxo estomacal. Ricardo divide seus ovos mexidos com ela no café da manha. Quando ela não está aqui, a casa fica vazia. Você muda a vida de um ser vivo que vivia abandonado e ele muda a sua. Nós resgatamos um ao outro", diz.

          Então, empresário, venha conosco! Participe do Buri Dogs e faça suas doações ou contribuições. Aos poucos podemos mudar a vida de muitos desses animais, como foi o caso dos mais de 100 que o grupo já ajudou. "Ainda temos mais de 50.000 moradores, no mínimo, que podem aderir à nossa causa. Agradecemos toda ajuda que tivemos até hoje e ao imenso apoio que esperamos ter daqui para frente”, finaliza Adriana. 

            Convidamos a todos a entrar e participar pelas redes sociais do Buri Dogs: facebook: Buri Dogs - Instagram: buridogsoficial.

O melhor jornal de bairro de Belo Horizonte.

CONTATO

(31) 2127-2428 / (31) 99128-6880
Av. Prof. Mário Werneck, 1360, Lj 401 F, 4º andar, Shopping Paragem, Bairro Buritis - BH/MG
CEP30455-610 E-mail contato@jornaldoburitis.com.br

       
© 2018 Jornal do Buritis. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por SITEFOX

(31) 99128-6880