Belo Horizonte, domingo, 17 DE novembro DE 2019
O melhor jornal de bairro de Belo Horizonte.

IGREJA CATÓLICA PLANEJA EXPANSÃO NO BURITIS


            A Paróquia Santa Clara de Assis, uma das maiores da Arquidiocese de Belo Horizonte em extensão geográfica, está em campanha para construir uma segunda unidade no Buritis, um dos bairros mais populosos da capital. A razão da expansão é atingir um maior número de católicos, além dos mais de mil fieis frequentadores das quatro principais missas celebradas entre sábado e domingo. A decisão foi tomada de forma unânime pelo Conselho Pastoral, representado por lideranças dos movimentos paroquiais. A previsão é de que o novo templo católico seja erguido em um ponto central do bairro e concluído em dois anos.

            A localização da igreja na parte íngreme da Rua Alessandra Salum Cadar torna o acesso difícil para idosos e para quem não possui automóvel. Estar em uma área mais afastada faz com que a igreja, destinada a atender não só o Buritis, mas também o Estoril, seja desconhecida para muitos moradores. “Se as pessoas não podem vir até à paróquia, nós temos que ir até elas. Como nos pede o Papa Francisco, somos uma ‘Igreja em saída’ e por isso temos a missão de olhar para fora e levar a boa nova de Cristo a todos”, explica o pároco padre Celso Antonio, à frente da Paróquia Santa Clara de Assis há cinco anos.

            O grande desafio da construção, segundo o pároco, é mobilizar as pessoas para esta ação e encontrar um terreno em boas condições de preço para erguer o novo templo. Para angariar os recursos foi criada uma campanha de doações em dinheiro que depende da adesão dos paroquianos e é extensiva a outros moradores do bairro que queiram contribuir.

Para complementar a arrecadação, a paróquia também promove pelo menos duas grandes ações festivas no ano – o “Arraiá” e o Festival de Tira-gosto - ambas no galpão do UniBH, cedido pela instituição para este fim. Estes eventos, totalmente preparados pelos paroquianos, são, acima de tudo, momentos de convivência fraterna e de enriquecimento da fé. Graças aos esforços de todos nas festas dos últimos anos, foi possível concluir as obras da atual igreja.

Sobre a paróquia

            É dentro do espírito de vivência alegre e fraterna que a paróquia Santa Clara de Assis vem crescendo e ganhando novos adeptos, especialmente famílias inteiras que se dedicam ao serviço da Igreja. Entre os movimentos podem se destacar os encontros de casais e de jovens, a catequese, o atendimento pastoral, os bazares e a ação social Mãos de Clara, que entrega comida pronta e quentinha, roupas e material de higiene pessoal para mais de 400 pessoas em situação de rua. A organização e o preparo das refeições são feitos na própria paróquia com a participação de dezenas de voluntários que saem às ruas, uma vez por mês, num verdadeiro exercício de afeto e solidariedade.

            Mas a grande mobilização vem das Pequenas Fraternidades, dinâmica introduzida pelas mãos do padre Celso desde que chegou à paróquia. São  encontros de famílias nas casas uma das outras, semanalmente, para partilharem a palavra de Deus e as vivências diárias. Além de estarem juntas em oração, as pessoas realizam ações concretas em prol da paróquia. O movimento é composto por 50 grupos e abrange mais de 800 fieis.

Vidas transformadas

            Cristiane Oliveira Toneti e Antônio Augusto Toneti formam um dos casais engajados na paróquia. Vieram para Belo Horizonte em 2012, de São José do Rio Preto, interior de São Paulo. Cristiane, professora, conheceu a paróquia por intermédio dos pais de uma aluna e o primeiro contato com a paróquia foi na missa das 10h30 aos domingos. “A família Santa Clara nos acolheu em vários momentos de nossas vidas. Mesmo distante dos parentes nunca estamos sozinhos em datas especiais como Dia dos Pais, das Mães, Natal, por exemplo. Somos muito gratos por isso”, conta Cristiane. Os filhos do casal, os gêmeos de 18 anos, Louise e Richard, também estão envolvidos nos movimentos da igreja.

            Outra fiel dedicada é a administradora de empresas Mônica de Almeida Veiga. Nascida e criada dentro dos princípios cristãos, ela conta que nunca entendeu direito o que era ser uma cidadã cristã. Mas foi há dois anos, quando passou por um problema sério e se sentia sem forças para seguir adiante, que foi convidada pela irmã para ir em um encontro de pequena fraternidade. “A partir  daí comecei a entender o significado de uma vida cristã. Hoje participo também dos eventos da igreja, do Projeto Mãos de Clara e sou dizimista. A dor que eu sentia naquela época já amenizou. A paróquia de Santa Clara foi e está sendo muito importante na minha vida. Não quero nunca me afastar dela”, revela.

            O bancário Guilherme Vinícius Silva Batista, 26 anos, frequenta a paróquia desde 2016, quando foi nomeado pelo padre Celso como representante de secretariado da juventude e da Forania. Ele relata que na paróquia fez amigos e encontrou um grande presente de Deus, a atual namorada, a advogada Patrícia Barcelos. “A participação na igreja tem trazido uma transformação total em minha pessoa. Não só aumentei a fé, como, em razão disso, obtive melhoras exponenciais na vida pessoal e profissional”.

            Para entender mais sobre como ajudar na construção da nova igreja do Buritis, basta entrar em contato com a secretaria da Paróquia Santa Clara de Assis, na Rua Alessandra Salum Cadar, 650, ou pelo telefone: 3378-7120. O atendimento acontece de segunda a sexta, das 13h às 19h. Aos sábados das 8h às 12h.

            Ainda não existe uma estimativa de custo para a obra. O primeiro passo da campanha é a compra do terreno. A partir daí será feito o projeto, quando também irá se avaliar o custo total.

O melhor jornal de bairro de Belo Horizonte.

CONTATO

(31) 2127-2428 / (31) 99128-6880
Av. Prof. Mário Werneck, 1360, Lj 401 F, 4º andar, Shopping Paragem, Bairro Buritis - BH/MG
CEP30455-610 E-mail contato@jornaldoburitis.com.br

       
© 2018 Jornal do Buritis. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por SITEFOX