Belo Horizonte, sexta-feira, 28 DE janeiro DE 2022
O melhor jornal de bairro de Belo Horizonte.

GOVERNO DE MINAS IRÁ AMPLIAR O TESTE DO PEZINHO


Publicado em 11/01/2022

              No fim de 2021, o governador Romeu Zema anunciou que, a partir do próximo dia 25 de janeiro, vai ser ampliado para 12 o número de doenças rastreadas pelo teste do pezinho em Minas Gerais. Com isso, mais seis enfermidades serão incluídas no programa Estadual de Triagem Neonatal (PTN-MG). Há pouco mais de um ano, o JORNAL DO BURITIS decidiu abraçar a luta de muitas mães para que o teste do pezinho fosse ampliado na rede pública do Estado. Apesar de este aumento ser uma boa notícia, ainda falta muito para que o objetivo seja alcançado.

             Neste período o JB acompanha, em especial, a batalha da jornalista da Rede Globo Minas, Larissa Carvalho, que teve a saúde do filho Theo afetada significantemente, em virtude de uma doença sofrida no seu nascimento e que poderia ter sido tratada se detectada pelo teste do pezinho ampliado.

            Para a jornalista, o poder público começa a dar os primeiros passos rumo a um teste eficiente, mas ainda está longe de ser completo. Completo ainda apenas na rede particular e que custa cerca de um salario mínimo. “Ou seja, ainda é para poucos. De fato, está um pouco melhor, mas que nenhum de nós da sociedade deixe de cobrar por um teste do pezinho eficiente. Um que vá rastrear pelo menos 40 doenças”.

           Larissa acredita que o teste de pezinho na rede pública, em todo o país, somente estará completo quando detectar algo em torno de 50 doenças, dentro de um prazo de quatro anos, contando com a boa vontade de nossos administradores. “Em maio, o Governo Federal já tem que incorporar novas doenças. Isto se a lei for regulamentada pelo Ministério da Saúde. Se acontecer, em todo o Brasil o teste já melhora um pouco em maio. Aqui em Minas mais um pacote com mais seis doenças agora. Então, aos poucos está saindo daquela situação muito precária, muito limitada, rumo a uma realidade mais eficiente. Não é ainda o teste que a gente merece, mas um teste que já vem conquistando melhorias”, conclui.

Primeira fase

          A Secretaria de Estado de Saúde informou que estas seis novas enfermidades incluídas no teste do pezinho é apenas a primeira de cinco fases. No decorrer dos próximos dois anos, mais doenças serão incluídas no teste e a expectativa é que alcance 33 enfermidades. Anualmente, serão destinados R$ 13 milhões pelo governo de Minas para a ampliação.

         Serão incluídas no teste do pezinho nesta primeira fase as seguintes doenças: toxoplasmose congênita, distúrbios de betaoxidação dos ácidos graxos, deficiência de acil-CoA de cadeia muito longa, deficiência de 3-OH-acilCoA de cadeia longa, deficiência da proteína trifuncional e deficiência primária de carnitina. O exame precisa ser realizado entre o terceiro e quinto dia de nascimento para ser eficaz.

 

O melhor jornal de bairro de Belo Horizonte.

CONTATO

(31) 2127-2428 / (31) 99128-6880
Av. Prof. Mário Werneck, 1360, Lj 401 F, 4º andar, Shopping Paragem, Bairro Buritis - BH/MG
CEP30455-610 E-mail contato@jornaldoburitis.com.br

       
© 2018 Jornal do Buritis. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por SITEFOX

(31) 99128-6880