Belo Horizonte, terça-feira, 19 DE fevereiro DE 2019
O melhor jornal de bairro de Belo Horizonte.

EM PROL DA SAÚDE DESDE A PRIMEIRA INFÂNCIA


            Uma das grandes preocupações dos pais na criação de seus filhos, hoje em dia, é referente à alimentação. Segundo o Ministério da Saúde, 33% das crianças brasileiras estão acima do peso. A alimentação saudável é uma prática que deve ser levada a sério desde muito cedo. Pensando nisso, a rede Coleguium de Ensino desenvolveu em todas as suas unidades o PEN - Programa de Educação Nutricional. O projeto oferece informações sobre hábitos saudáveis de forma que o aluno seja conscientizado sobre a importância de uma alimentação equilibrada.

            Garantir uma alimentação saudável é uma tarefa diária, que deve ser relembrada sempre para as crianças, tornando essa prática um hábito natural do seu dia a dia. O PEN envolve aluno, professores e até os pais. Um cardápio altamente saudável, que conta com frutas, legumes e carboidratos, é elaborado pela nutricionista. Os responsáveis poderão contratar o fornecimento na escola ou enviar de casa, mas sempre respeitando o cardápio sugerido pela instituição. "Os pais sabem exatamente o que seus filhos irão comer na escola e nosso objetivo é fazer com que eles também pratiquem a alimentação saudável em casa, tanto que no projeto elaboramos uma cartilha que é para eles saberem o que dar aos seus filhos em casa", explica a nutricionista da rede Coleguium, Carolina Freire.

            Um dos temores dos pais em relação ao PEN, é se os seus filhos não estão comendo os alimentos que estão sendo oferecidos na escola e, consequentemente, ficando com fome. De fato, fazer com que as crianças - o projeto é para alunos de 02 a 10 anos - comam determinados alimentos é muito complicado. Contudo, a forma lúdica com que a situação é trabalhada pelos funcionários faz com que o resultado seja muito positivo. "Eles comem sem saber o que é. Damos uma torta de legumes e falamos que é de frango. Fazemos um suco verde e dizemos que é do Hulk, que eles irão ficar fortes. É brincar com eles. São raras as vezes que as crianças se negam a comer", revela.

Resultados

            De acordo com a nutricionista, a boa alimentação vai muito além de não engordar. Ao comer bem, a criança obtém importantes resultados no rendimento escolar. "Ela tem maior poder de concentração, maior vigor físico para praticar esportes. E os pais acompanham de perto todo este desenvolvimento".

            Diretora da unidade Buritis do Coleguium, Juliana Ribas, ressalta a importância do PEN na escola. A resposta são os depoimentos que recebe constantemente dos pais. "Tem pai que diz que o filho agora chega no restaurante e pede para colocar verdinho, ter colorido no prato. Tenho uma amiga que, antes mesmo de eu vir para o Coleguium, me disse uma vez que adorava a escola, porque nela existe um cardápio de alimentação. Dizia que o filho ficava com a sogra e ela "estragava" ele, dando tudo o que queria. Na escola ela sabia que uma boa alimentação estava garantida".

            Ainda de acordo com a diretora, a forma pedagógica de lidar com a situação é o que mais lhe chama a atenção no projeto. "É um trabalho com emoção, que acaba desmistificando que alimento saudável não tem sabor".

            Ao aderir o PEN, os pais recebem um kit com dicas de como preparar alimentos saudáveis em casa. Se forem seguindo da forma correta, no final do ano ganham mais um kit. "Ainda fazemos alguns projetos especiais durante o ano, como por exemplo, um piquenique no parque só com comidas preparadas com alimentos saudáveis", finaliza Carolina Freire.

            O PEN não atende alunos acima de 10 anos por acreditar que estes já têm uma independência alimentar. Contudo, na cantina do Coleguium os alunos encontrarão alimentos saudáveis como: água de coco, sucos naturais (polpa), salgados assados, barras de cereal, frutas e outros.  

O melhor jornal de bairro de Belo Horizonte.

CONTATO

(31) 2127-2428 / (31) 99128-6880
Av. Prof. Mário Werneck, 1360, Loja 401 F, 4º andar, Bairro Buritis - BH/MG, CEP 30.455-610
contato@jornaldoburitis.com.br

       
© 2018 Jornal do Buritis. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por SITEFOX