Belo Horizonte, domingo, 25 DE outubro DE 2020
O melhor jornal de bairro de Belo Horizonte.

CRIANÇAS REALIZAM PROJETO AMBIENTAL DURANTE PANDEMIA


          O anúncio da quarentena e a consequente suspensão das aulas tem sido um grande desafio para os pais. É preciso encontrar alternativas para entreter de forma saudável os filhos dentro de casa. Neste sentido um projeto na região do Buritis surgiu como uma boa solução. Durante o período da pandemia, o Projeto Cercadinho Vivo e Ponte Queimada elaborou um programa de educação ambiental para que as crianças pudessem desenvolvê-lo em seus lares.

          O objetivo do trabalho era cultivar mudas para serem plantadas às margens dos córregos Cercadinho e Ponte Queimada, que passam pelo Buritis e outros bairros da nossa região. As crianças plantaram suas mudinhas em casa. Fizeram vídeos e fotos do processo de desenvolvimento. Como matérias prima fizeram uso de material descartável, como embalagens de iogurte e leite, e também plantinhas que já tinham no seu quintal e cozinha.

           Após o cultivo das mudas, os pais deixaram as plantas na porta da escola Vida Verde, que fica no vizinho bairro Havaí. A equipe do programa recolheu e já as plantou no jardim da Rua Raul Mourão, esquina com Rua Henrique Badaró Portugal, que fica próxima ao Ponte Queimada, bem como às margens do córrego. “Elas foram plantadas no fim de agosto. Tinham mudas variadas, mas a que achei mais interessante foi a peixinho, que decora o ambiente, é comestível e ainda pode trabalhar o toque, uma vez que é macia como pelo de um urso”, explica a ambientalista Carla Magna, coordenadora dos projetos, que ressalta ainda que o jardim da Raul Mourão estava virando um ponto de descarte de lixo até a intervenção.

            De acordo com Carla, desde o início da pandemia buscou ter um olhar especial para as crianças e em como poderia mantê-las próximas ao meio ambiente. Neste primeiro momento, os alunos da escola Vida Verde foram os escolhidos para o trabalho. “A Vida Verde é uma escola toda sustentável, tem terreiro de terra, lindo! E eles apoiam diversos projetos de educação ambiental. Fizeram parte do bloquinho ecológico que saiu no Buritis e contribuem com o nosso projeto ambiental de preservação dos córregos Cercadinho e Ponte Queimada”.

             A ambientalista se diz muito satisfeita com o resultado e que este foi apenas o início de um grande trabalho. “As crianças mantiveram uma atividade prazerosa, desde plantar, filmar e até cantar. Vejo o quanto elas querem proteger a natureza. Que se sentem importante por participar. Não tenho dúvida que serão futuros ambientalistas”.

            No total, são 14 quilômetros de córrego entre o Cercadinho Vivo e Ponte Queimada. Comprar mudas para toda esta extensão seria um investimento muito alto, que o projeto não pode arcar. “Com as doações o projeto caminha devagar, mas com muito envolvimento da comunidade. Plantamos também flores e girassois. Tem que estar sempre replantando. É um trabalho contínuo. Assim,vamos fazendo uma educação ambiental e retirando alguns lixões. Nós criamos um projeto maior, porém, estamos aguardando uma resposta da Regional Oeste e da Prefeitura de BH”.

             Por fim, a coordenadora garante que a preservação dos córregos, desde a sua nascente até a Avenida Tereza Cristina, ajuda em vários sentidos: na preservação da água, contribui para evitar enchentes, ocupações desordenadas, preservação da mata, melhora a saúde local e a autoestima de quem reside próximo. 

O melhor jornal de bairro de Belo Horizonte.

CONTATO

(31) 2127-2428 / (31) 99128-6880
Av. Prof. Mário Werneck, 1360, Lj 401 F, 4º andar, Shopping Paragem, Bairro Buritis - BH/MG
CEP30455-610 E-mail contato@jornaldoburitis.com.br

       
© 2018 Jornal do Buritis. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por SITEFOX