Belo Horizonte, segunda-feira, 1 DE junho DE 2020
O melhor jornal de bairro de Belo Horizonte.

ASPRAMI MANTÉM SUAS ATIVIDADES MESMO COM ISOLAMENTO SOCIAL


             Uma das entidades mais respeitadas do Buritis é a ASPRAMI. A Associação ao Projeto Melhor Idade desenvolve junto a centenas de moradores do bairro e região, especialmente idosos, uma série de atividades físicas e sociais que, sem dúvida, têm contribuído para uma vida muito mais plena. Mas, infelizmente, a ASPRAMI, assim como a grande maioria dos setores da nossa sociedade, está sofrendo muito com a pandemia do Coronavírus. Além da necessidade do isolamento social, as atividades ficaram sem local para ser realizadas, uma vez que o Centro Universitário UniBH, que disponibiliza os espaços para as práticas, também se encontra com as portas fechadas. Porém, como é diante da crise que é preciso se reinventar, uma forma foi encontrada para que os alunos mantivessem suas atividades e o contato em dia.

            Desde que foi instalada a quarentena, as redes sociais se tornaram ainda mais fortes do que já eram. Por meio delas, as pessoas estão conseguindo se manter próximas, apesar da distância física. E foi justamente através das redes que a ASPRAMI encontrou uma forma de manter seus alunos em atividade. Os professores acertaram alguns horários com os alunos e estão ministrando as suas práticas por meio de lives ou aulas online. A ação não poderia ter dado tão certo!

            Presidente da ASPRAMI, Miriam Reis não esconde a alegria ao receber as filmagens das aulas que os alunos estão fazendo e encaminhando para ela. "Eles estão mostrando que estão conscientes da necessidade de ficar em casa, ainda mais que a maioria já passou dos 60, e realizando as atividades em alto astral".

            Para Miriam, esta nova realidade só fortaleceu ainda mais o espírito da ASPRAMI, que é o de "compartilhar emoções". "Uma coisa interessantíssima está sendo o telezap, onde a professora de canto da associação está contando para os alunos a história de Chiquinha Gonzaga como se fosse uma novela. A cada dia tem um novo episódio no ar, emocionante", diz ela, ressaltando também as outras atividades, como a Zumba, a dança, o Tai Chi, entre outras. 

Ajuda

            Contudo, uma situação não foi possível ser solucionada durante esse período de isolamento. A ASPRAMI conta com uma pequena contribuição financeira mensal dos alunos, cujos valores são revertidos na compra de fraldas geriátricas que são doadas para pessoas pobres e enfermas. Com a suspensão das aulas presenciais, essas contribuições pararam de chegar.

            Miriam diz que está se desdobrando para manter o auxílio às 30 famílias carentes. Porém, está cada vez mais complicado. "São 300 pacotes por mês. Essas famílias não têm a quem recorrer, ainda mais em um período como esse que estamos vivendo. Felizmente, muita gente ainda está ajudando. A Igreja Santa Clara tem feito doações, mas não é suficiente. Espero que os moradores do Buritis abracem essa causa", conclama.

            Quem puder contribuir com a doção de fraldas geriátricas para o trabalho assistencial da ASPRAMI, basta entrar em contato com Miriam através do telefone 9 9878-3245.

O melhor jornal de bairro de Belo Horizonte.

CONTATO

(31) 2127-2428 / (31) 99128-6880
Av. Prof. Mário Werneck, 1360, Lj 401 F, 4º andar, Shopping Paragem, Bairro Buritis - BH/MG
CEP30455-610 E-mail contato@jornaldoburitis.com.br

       
© 2018 Jornal do Buritis. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por SITEFOX