› Home  › Notícias  › Notícia

Uma Páscoa bem mais doce

          Faltando poucos dias para a celebração da Páscoa, cresce a expectativa entre os comerciantes do segmento de doces e chocolates em relação ao aumento nas vendas. Com os sinais de melhora na economia entende-se que os consumidores irão às compras, diferente do que ocorreu em 2016, quando os números foram bem abaixo do esperado. Para atender a esta maior demanda, os lojistas lotaram os estoques com ovos de todas as cores e tamanhos. Os personalizados, com a presença de brinquedos, também ganharam destaque e chamam muita a atenção da garotada.

            Proprietário de uma loja de chocolates no Buritis, Silvio de Paula está muito esperançoso quanto às vendas neste período de véspera da Páscoa, principalmente, pelo aumento considerável que já obteve desde o início do último mês de março. "Eu calculo que tive um aumento de 60% nas vendas nas últimas semanas. Os preços dos ovos e chocolates em geral praticamente se mantiveram e a economia do país parece mesmo ter sofrido uma melhora".

            De acordo com o comerciante, as indústrias contribuíram para o crescimento nas vendas, uma vez que investiram em novidades. Além da procura pelo melhor sabor, a diversidade de brindes que vêm em alguns ovos é de impressionar. "Por onde você olha nas prateleiras tem ovos com brinquedos, mas antigamente era só aquele brinquedinho. Hoje tenho ovo aqui que vem até com aparelho de fone de ouvido. É sensacional e a criançada adora", ressalta.

Além do ovo

            Mas, apesar do aumento nas vendas de ovos, mais uma vez, a Páscoa deve ficar marcada pela comercialização de outros chocolates. Bombons, barras, kits e os coelhinhos ainda serão muito procurados. "São 80% da venda. É uma forma de presentear uma pessoa mais distante, mostrar que ela é importante, mas sem gastar tanto. Tem uma empresa aqui no bairro, por exemplo, que me encomendou mais de 200 pirulitos em formato de coelho para presentear seus funcionários. Sem contar que a todo momento entra alguém aqui na loja procurando estes produtos de menor valor", explica Silvio.

            Dados da Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados (Abicab) apontam que 63% dos brasileiros possuem o hábito de comprar chocolates para presentear nesse período. Para a Páscoa deste ano, no período de outubro de 2016 a março de 2017, a Abicab estima que as indústrias e lojas especializadas devem gerar cerca 25 mil empregos temporários em todo Brasil, sendo que 15% devem ser destinados para posições de produção e 85% para promoção e cadeia de venda.

6 orientações para economizar na Páscoa

1- Compare

Observe quanto custa uma barra de chocolate e um ovo de Páscoa, ambos da mesma marca, avaliando a quantidade de produto que vem em cada um. A diferença, dependendo do caso, pode superar 400%, o que é uma quantia significativa até mesmo na compra de apenas uma unidade, quanto mais na compra de vários. 

2- Pense

Agir por impulso é algo que pode levar ao comprometimento das finanças, portanto reflita sobre a importância de comprar algo caro, perecível e que representa apenas uma única data do ano. Caso a intenção seja comprar e presentear toda a família, procure ser consciente e buscar alternativas mais econômicas. 

3- Priorize

Por mais que haja vontade de presentear a todos, priorize as pessoas mais próximas e que dão mais valor aos doces – afinal, não são todos. O acúmulo de chocolates pode gerar desperdício, não apenas de dinheiro, mas também de alimentos. Considere priorizar as crianças, que criam mais expectativas em relação a data. 

4- Negocie

Se desejar comprar itens de marcas específicas tendo dinheiro para isso, ótimo. Mas lembre-se que é sempre válido negociar, especialmente se for pagar à vista e comprar em grandes quantidades. Pesquise preços em diversos estabelecimentos, opte pelo que oferecer menores valores e melhores condições de pagamento e peça desconto. 

5- Substitua

Considere trocar os ovos de marca por caseiros, que também possuem boa qualidade e não carregam o “status” da marca, que tanto encarece o produto. Muitas pessoas se dedicam à produção de chocolates caseiros na Páscoa, portanto aproveite a oportunidade para economizar e valorizar o trabalho de seus conhecidos. 

6- Simplifique

É possível fazer algo coletivo também, por exemplo, uma cesta com chocolates para pessoas que moram na mesma casa. Sairá bem mais em conta. É importante lembrar que chocolate em demasia não faz bem para a saúde, portanto evite o consumo exacerbado. Lembre-se, o sentido da Páscoa é algo bem mais complexo e espiritual. 

 
 

Rua Cristiano Moreira Sales, 150, Sala 810, Bairro Estoril - Belo Horizonte - Minas Gerais. CEP: 30.494-360. Telefones: (31) 2127-2428 / (31) 99128-6880