› Home  › Notícias  › Notícia

Projeto quer mudar o trânsito do Buritis

Bairro passou por um raio-x completo e importantes propostas foram elaboradas. Agora, é esperar pela ação do poder público.

            O trânsito na região do Buritis sempre foi taxado como o grande problema do bairro. Ao longo dos anos, muitas ideias foram ditas para solucioná-lo. Entretanto, nada de concreto foi exposto. Porém, esta situação mudou! Recentemente, foi lançado o projeto de intervenções viárias "Anel do Buritis" que, de forma detalhada, apresenta mudanças no trânsito do bairro que iriam dar, não apenas maior mobilidade do tráfego de veículos, como também traria maior segurança aos moradores.

            O "Anel do Buritis", que ganhou este nome por se formar pelo contorno do bairro por meio das vias que têm maior capacidade de fluxo, foi dividido em duas fases. A primeira considerando que o fechamento do anel se dará pela Rua Maria Heilbuth Surette, que já está implantada, e a segunda, que engloba intervenções mais complexas na Avenida Henrique Badaró Portugal até outras vias, o que requer uma mobilização maior de recursos. "Nosso foco é a fase 1. Se realizada, teríamos um ganho enorme para a qualidade de vida do Buritis", garante o morador do bairro e professor do curso de Engenharia Civil do UniBH,  Braulio Lara, um dos coautores do projeto.

            De acordo com Braulio, o estudo dos custos para viabilização da primeira fase, que conta com remoções e desapropriações, é estimado em cerca de R$6,8 milhões. Com a fase 2 haveria um acréscimo em torno de R$5,3 milhões, totalizando cerca de R$12,1 milhões. Valor alto, mas infinitamente menor se comparado ao valor calculado pela Prefeitura de Belo Horizonte em 2008, quando foi apresentado o VIURBS, que afetaria a região do Buritis. O valor estimado girava na casa dos R$ 260 milhões. "Comparando com os projetos viários propostos pelo VIURBS, o investimento necessário para implantar o Anel do Buritis é de aproximadamente 5% do montante previsto, ainda dividido em duas fases, cada uma com 2,5% aproximadamente".

Expectativa

            Somente o poder público pode fazer com que o "Anel do Buritis" deixe o papel. Por isso, ele já está nas mãos das pessoas que podem torná-lo realidade. Segundo Braulio Lara, através da ABB - Associação de Moradores do Buritis, cópias foram entregues aos deputados federais José Silva e Rodrigo Pacheco, ao deputado estadual João Leite, ao vereador Elvis Côrtes e ao novo prefeito de BH, Alexandre Kalil. "Todas as esferas governamentais estão cientes do projeto. Fizemos nossa parte, agora é esperar que os políticos tenham bons olhos para o Buritis".

Mário Werneck em mão única

            É verdade que, para realizar o projeto, é necessário um bom investimento do poder público. Contudo, nem só de ações que requerem recursos financeiros vive o projeto “Anel do Buritis”. Uma proposta que visa dar mais mobilidade ao trânsito do bairro pode ser efetivada apenas com a intervenção da BHTrans. Ele prevê que a Avenida Professor Mário Werneck se torne mão única no trecho entre Avenida Barão Homem de Melo e Rua Paulo Piedade Campos. Desta forma, a Rua José Rodrigues Pereira também seria modificada. "A Mário Werneck seria a entrada do bairro e a José Rodrigues Pereira a saída, isto em várias pistas. Não tenho dúvidas de que o trânsito iria fluir muito bem, especialmente em horários de pico", diz Braulio.

            Na edição de novembro do JORNAL DO BURITIS, foi publicada uma reportagem com comerciantes próximos ao cruzamento das avenidas Mário Werneck e Senador Lima Guimarães, que falavam da vontade de ver esta alteração na via. Segundo eles, a mudança não traria apenas maior mobilidade no trânsito, como também mais segurança no local. 

            Além de Braulio, são coautores do projeto, o engenheiro Mauro Lúcio Prosdocimi e o administrador Paulo Gomide. Todos moradores do bairro e conhecedores dos diversos problemas existentes aqui. Para conhecer todos os detalhes do  "Anel do Buritis", basta acessar o site www.associacaobairroburitis.com.br.

 
 

Rua Cristiano Moreira Sales, 150, Sala 810, Bairro Estoril - Belo Horizonte - Minas Gerais. CEP: 30.494-360. Telefones: (31) 2127-2428 / (31) 99128-6880