› Home  › Notícias  › Notícia

EDITORIAL DEZEMBRO 2011

RESPEITO À FAIXA
 
 
A Prefeitura lançou no início deste mês, por meio da BHTrans a ação educativa “Dê Preferência à Vida. Campanha de Respeito ao Pedestre”. O projeto piloto da campanha começou no entorno do Mercado Central, área bastante movimentada e de grande fluxo de veículos e pedestres. Mas a Prefeitura promete ampliar a campanha para toda a cidade. O objetivo principal é reduzir a trágica estatística de mais de 100 mortes por atropelamento que acontecem por ano na capital mineira. 

A campanha fala em respeito ao pedestre, ou seja, tem como principal público alvo os motoristas. O desrespeito ao pedestre não é um comportamento exclusivo do motorista de Belo Horizonte. Em todas as cidades brasileiras de médio e grande porte este é um problema crônico. Talvez a única exceção seja a capital federal, Brasília, que de longa data já realiza campanhas de conscientização. Lá, o pedestre pisou na faixa o motorista respeita pra valer. Atropelamentos acontecem só mesmo em virtude de muita imprudência ou falta de atenção.

No entanto, para a campanha surtir efeito é preciso também fazer ações de conscientização junto ao pedestre. É preciso que ele respeite a faixa de trânsito. Este é um hábito que poucas pessoas têm. Atravessar na faixa já elimina de forma significativa a possibilidade de atropelamento.Aqui em Belo Horizonte, a via que é o principal palco de atropelamentos é a Cristiano Machado. E a maioria deles acontece em locais onde não existe faixa para pedestre. Onde não há segurança para que a pessoa possa atravessar a rua.

O brasileiro ainda precisa incorporar alguns hábitos e comportamentos que já são corriqueiros em outros países. Em meados da década de 90, foi lançada a obrigatoriedade do uso do cinto de segurança. No início a medida causou controvérsias e muita polêmica. Mas hoje já virou uma rotina na vida de quem usa um veículo. Não há uma estatística oficial sobre o assunto, mas certamente o uso do cinto de segurança salvou dezenas de milhares de vida em nosso trânsito selvagem.O respeito à faixa, é um comportamento de fundamental importância tanto para os motoristas quanto para os pedestres. Afinal, é a vida em primeiro lugar.

Aqui no Buritis existem dois locais que merecem total atenção da parte dos moradores e por quem freqüenta o bairro. O semáforo quase em frente ao Paragem e também o semáforo em frente ao Uni-BH. São dois locais que merecem receber o mais breve possível as ações educativas da BHTrans. O fluxo de veículos no bairro é cada vez mais intenso. O de moradores também. Portanto, atenção especial para estes dois lugares. E se depender do Jornal do Buritis, o respeito à faixa é um hábito que vai pegar. Também vamos entrar nessa campanha.  

 
 

Rua Cristiano Moreira Sales, 150, Sala 810, Bairro Estoril - Belo Horizonte - Minas Gerais. CEP: 30.494-360. Telefones: (31) 2127-2428 / (31) 99128-6880