› Home  › Notícias  › Notícia

TECNOLOGIA PARA AUXILIAR NO TRANSPORTE COLETIVO

 

Ponto de ônibus do Buritis conta com nova tecnologia para auxiliar usuários do transporte coletivo
Cada vez mais os cuidados com a mobilidade urbana se faz necessário, com a proximidade da Copa do Mundo a prefeitura de BH aperfeiçoa os sistemas de trânsito
 
Várias metrópoles espalhadas pelo mundo afora já contam com um Sistema Integrado de Transporte, onde os usuários são capazes de utilizar vários meios de mobilidade urbana como ônibus, metrô, trem, entre outros, que estão todos conectados através de terminais de embarque e grande parte deles eletrônicos. Seguindo, é claro, toda uma lógica da engenharia de tráfego de suas respectivas cidades. No Brasil, já existem alguns lugares que aderiram a esta tecnologia, como Uberlândia, no triângulo mineiro, Feira de Santana, na Bahia e Florianópolis, capital de Santa Catarina.
Aqui no Buritis, próximo ao campus do UniBH, na Rua José Rodrigues Pereira, já existe um ponto de ônibus com um terminal do Sistema Integrado de Transporte (SIT) que ainda se encontra em fase de testes. Através de um aparelho, que possui uma tela com informações ao usuário, é possível obter, por exemplo, uma previsão de horário que seu coletivo chegará ao local de espera.
Segundo Felipe Ribeiro, médico e morador do Estoril há dois anos, este tipo de serviço é uma iniciativa que, com certeza, vai se espalhar por toda a cidade. “Eu acredito que seja uma forma das pessoas se programarem melhor aos compromissos, além de controlar aquela ansiedade quando estamos esperando alguma coisa”, explica. “Através da tela é possível sabermos quanto tempo ainda teremos que esperar. Enfim, eu acho super válido, mas ainda tem muita gente que nem percebeu a presença deste terminal”, ressalta.
Em Belo Horizonte também já existe o Sistema Inteligente no Controle do Tráfego, que também faz parte de um planejamento mais eficaz da mobilidade urbana da capital. É uma forma do trânsito ficar mais ordeiro, pois é possível obter informações rápidas e tomar atitudes preventivas para evitar um congestionamento em determinadas vias.
Esse sistema inteligente é composto por um Centro de Controle Operacional, onde concentra todo o fluxo de informações necessárias para operação dos quatro sistemas que o integram: 1 - Controle centralizado de semáforos em tempo real (semáforos inteligentes) cruzamentos semaforizados, distribuídos em subáreas de tráfego, dotados de detectores que coletam e enviam informações sobre a demanda de tráfego a cada 5 segundos; 2 - Controle centralizado de semáforos em tempo fixo 66% cruzamentos semaforizados são centralizados em tempo fixo garantindo o sincronismo entre os semáforos; 3 - Painéis de mensagens variáveis – PMV 10 painéis nos principais corredores de acesso à área central para transmitir aos motoristas informações sobre caminhos alternativos, ocorrência de acidentes, retenções, e mensagens educativas; 4 - Circuito Fechado de Televisão - CFTV24 câmeras instaladas em locais estratégicos da região central e interligadas ao CCO, permitindo acompanhar o tráfego desta área, agilizando a solução de problemas detectados.
Desta maneira é possível que haja uma melhoria das condições do tráfego; a agilização da manutenção dos semáforos com acionamento de alarmes em caso de detecção de falhas nos equipamentos; a melhoria das condições ambientais; e a redução do consumo de energia, segundo informações disponibilizadas no site da BHTrans.
Gizela Vieira, estudante de arquitetura, que pega ônibus praticamente todos os dias no ponto da Rua José Rodrigues Pereira, reclama que sua linha de ônibus não faz parte da lista de coletivos que aparecem as informações no aparelho do SIT. “Eu pego o 3052 (Buritis/Estação Diamante) e sinto falta de saber quanto tempo terei que esperar ou até mesmo verificar se o ônibus está preso no trânsito”, reclama.
Já Rafaela Pereira, estudante, diz que sempre acompanha os dados no monitor para ter uma noção de quanto tempo ainda terá que aguardar. “Eu tenho costume de sempre verificar, e um ponto positivo que geralmente meu ônibus não atrasa, ele sempre cumpre o tempo previsto pela máquina”, afirma.
 
 

Rua Cristiano Moreira Sales, 150, Sala 810, Bairro Estoril - Belo Horizonte - Minas Gerais. CEP: 30.494-360. Telefones: (31) 2127-2428 / (31) 99128-6880