› Home  › Notícias  › Notícia

Bar do Buritis é vice-campeão do Comida di Buteco

 

Bar do Buritis é vice-campeão do Comida di Buteco
 
Depois de quatro anos consecutivos participando do “Comida di Buteco”, o Autêntico's Bar se sagrou vice-campeão do festival em 2011.  A marca foi alcançada com o prato “Comer, Rezar e Amar”. Os ingredientes são de dar água na boca: costelinha de porco empanada com farofa de pequi, acompanhada de purê de mandioca com manteiga de garrafa e requeijão do Norte.
 
Segundo o empresário Gustavo Henrique, responsável pela criação de todos os tira-gostos do Bar, a ideia do nome do prato surgiu por causa do livro que originou no filme de mesmo nome e foi reforçada com o estilo interiorano mineiro. “Para criar o prato, como eram obrigatórios ingredientes do Norte de Minas, fui fazer uma pesquisa em Almenara e Montes Claros. Já estava com este nome na cabeça por causa do filme e decidi batizar o prato desta forma por causa do estilo interiorano de levar a vida. Para quem é do interior ou viaja muito para cidades pequenas pode perceber que comer, rezar e amar é um estilo de vida levado pelos moradores”, destaca.
 
Esta foi a melhor colocação que o Autêntico’s Bar já conseguiu. No ano passado, por exemplo, o Bar ficou em 19º colocado. As vantagens de participar do evento, segundo o empresário, são várias. “Qualquer um gostaria de participar do festival. É o maior evento gastronômico da América Latina e, se fui convidado, quem sou eu para recusar. Sem falar que o movimento durante o festival cresce em torno de 60%, com reflexos também depois”, detalha.
 
Porém, a premiação de vice-campeão não foi dada apenas pelo fato de ter um excelente tira-gosto na competição. Na avaliação, entram ainda higiene do bar, atendimento e temperatura da cerveja. “O prêmio não é dado ao melhor tira-gosto, mas ao melhor bar. O orgulho é muito grande porque na prática, isso equivale que meu bar é o segundo melhor de Belo Horizonte. É o resultado de um trabalho árduo e bem feito, que foi coroado com esse prêmio. Tenho um carinho e uma dedicação muito grande pelo meu trabalho e é um conquista pessoal e intransferível”, afirma Gustavo.
 
Hereditário
 
A paixão pela gastronomia, principalmente os tira-gostos de boteco, surgiu em Gustavo quando ainda era um adolescente. “Comecei a trabalhar em bar com 18 anos, na ‘Casa Cheia’, que funciona há 42 anos, no Mercado Central, e é de minha mãe. Ela, inclusive, já ganhou o Comida di Buteco. Fique lá 16 anos e aprendi muito. Aos 19 anos me formei chefe de cozinha, que tonou meu hobby e minha especialidade. Hoje eu crio e preparo todos os pratos”, ressalta.
 
Mas as especialidades da Casa não param no “Comer, Rezar e Amar”. No cardápio, a atenção fica por conta das delícias da cozinha mineira com um toque de Itália. Um dos pratos mais pedidos é o Atola-coxa, feito com coxinhas de frango acompanhadas de molhos de mostarda, mango chutney, e tomates cerejas recheados. Outro destaque do menu é o Jilombo de Tataxi, preparado com lombo e abacaxi com batatas especiais e camponata de jiló.
 
E para quem acha que o “Comida di Buteco” acabou, na verdade, para Gustavo, apenas foi dada a largada para a edição de 2012. “Já sabemos que o tema do ano que vem é o Queijo Minas. O processo de criação do nosso prato já está em fase final; falta a finalização. Temos uma cozinha experimental que está a todo vapor, para conseguirmos finalizar o mais rápido possível. Estamos correndo porque o quanto antes registrarmos, mas difícil fica ter alguma receita parecida”, completa.
 
 

Rua Cristiano Moreira Sales, 150, Sala 810, Bairro Estoril - Belo Horizonte - Minas Gerais. CEP: 30.494-360. Telefones: (31) 2127-2428 / (31) 99128-6880