› Home  › Notícias  › Notícia

Prevenir para não remediar

Prevenir para não remediar

Equipamentos de segurança veicular

inibem bandidos e evitam grandes prejuízos

O Buritis é um bairro relativamente tranquilo quanto a alguns tipo de crimes que são comuns em outros bairros da capital. Assaltos a transeuntes, a dita saidinha de banco e furtos, por exemplo, são pouco registrados por aqui. Porém, nem por isso estamos livres dos marginais. Nosso bairro registra um alto índice de arrombamentos de casas, apartamentos e carros.

Mas o que poucos sabem é que este alto índice, principalmente nos arrombamentos a carros, poderia ser evitado com um pouco mais de atenção e cuidado com os veículos. Por diversas vezes, em entrevistas com a polícia e através de dicas divulgadas pela PM, o JORNAL DO BURITIS mostrou que bandidos não gostam de se arriscar na maioria das vezes, procurando opções mais fáceis na hora de escolher suas vítimas.

Uma prova disso é que, nos registros de ocorrências, a maioria dos carros que sofre arrombamento não possuem dispositivos de segurança. Segundo, Vinícius Marques, um dos Gerentes da Ekipar Buritis, loja especializada em som automotivo e equipamentos de segurança veicular, isso acontece exatamente porque bandidos escolhem a dedo suas vítimas, sempre calculando os riscos. “Se tem um carro aqui com alarme, trava de volante, anti-furto e logo em seguida o bandido encontra o mesmo modelo sem proteção é claro que ele vai no carro que é mais fácil de ser arrombado”, afirma.

A Ekipar, empresa que atua no ramo de acessórios para veículos há 46 anos,  conta com uma linha completa de assessórios  e que contribuem muito para deixar o carro mais seguro e principalmente, deixar o proprietário mais tranqüilo. O modulo anti-furto, por exemplo, é um dispositivo que não inibe o bandido, já que a função dele é travar o carro quando está em movimento, em caso de veículo tomado de assalto. “Este dispositivo é instalado no carro e o botão que faz ele funcionar fica escondido, sendo apenas o motorista quem sabe a sua localização. Cada vez que o condutor entra no carro, ele tem que acioná-lo. Caso contrário, dentro de quatro minutos o carro apaga e não funciona mais até que o botão seja acionado novamente”, explica.

Alarmes
Há vários tipos de alarmes,  são os dispositivos que mais inibem a ação dos  bandidos, já que eles veem através da luz em led piscante no parabrisa que o carro está protegido. “O alarme FX de monitoramento é aquele que faz o carro arrombado disparar. Este é o mais simples. Há outro que é o alarme de controle de presença PX, que são dois controles que devem sempre andar juntos. Caso contrário, o alarme dispara e só pára quando os dois controles estiverem juntos de novo. O ideal nesse caso é andar com um controle no bolso e outro na chave. Caso o carro seja levado em um assalto, o segundo controle longe impede que o veículo ande por muito tempo. O terceiro é o alarme TX, que tem uma bateria reserva, impedindo que ao cortar o cabo da bateria do carro, o equipamento pare de funcionar”, diz Vinícius.

Mas os itens de segurança não param por aí. Uma novidade agora é a película de semi-blindagem. Dez vezes mais resistente que as películas normais, ela ajuda a proteger contra uma possível tentativa de quebra dos vidros laterais do carro. Há ainda na Ekipar Buritis os rastreadores via satélite, da Positron, que localiza o veículo onde quer que ele esteja, além da trava de volante, que é mais barato e chama bastante a atenção de bandidos que sempre buscam evitar carros com esse dispositivo.

Tamanha é a segurança destes equipamentos, que Seguradoras dão descontos para os veículos que possuem estes mecanismos. Graça Campolina, Gerente da Ekipar Buritis, conta que um cliente da loja teve seu co sobressalente roubado, com um prejuízo de mais de R$ 4 mil, que poderia ter sido evitado com os equipamentos de segurança. “Hoje bandidos arrombam os carros para pegar cadeirinhas de criança, som, dentre outros pertences, além de quebrar um vidro, amassar uma porta que fica muito mais caro. Então é um custo benefício muito em conta, principalmente reforçando mais uma vez que bandidos preferem correr menos risco, escolhendo carros sem proteção”, ressalta Graça.

 
 

Rua Cristiano Moreira Sales, 150, Sala 810, Bairro Estoril - Belo Horizonte - Minas Gerais. CEP: 30.494-360. Telefones: (31) 2127-2428 / (31) 99128-6880