› Home  › Notícias  › Notícia

TRE-MG lança projeto contra sujeira nas eleições

TRE lança projeto contra sujeira nas eleições


Projeto em parceria com Bombeiros, PM, Cemig e PBH, busca conscientizar políticos e população contra sujeira e poluição visual tão comuns em campanhas eleitorais
 
O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) lançou, no dia 8 de junho, o projeto “Sujeira não é legal”. O objetivo do projeto é valorizar atitudes positivas para o processo eleitoral e para a população, defendendo conceitos como civilidade, segurança e higiene urbana na campanha eleitoral. Por outro lado, a pretensão é despertar nos eleitores a consciência de valorizar aqueles que defendam interesses coletivos e façam uma campanha de modo civilizado, com a abrangência que esse conceito deve merecer de todos nós, cidadãos.
 
No Buritis, todo ano de eleição significa também período de sujeira nas ruas. Por ser um bairro com muitas construções em andamento e, consequentemente, com muitos muros cercando as obras, políticos aproveitam para pintar esses locais com seus nomes e números, muitas vezes até mesmo sem autorização dos donos, deixando o bairro com aparência de sujeira e visualmente carregado. Outro problema comum são os “santinhos” que são distribuídos de maneira massiva aos motoristas e moradores e até mesmo jogados em grande quantidade nas ruas.  
 
Desenvolvido em parceria com a Prefeitura, o Corpo de Bombeiros, a Cemig e a Polícia Militar, o TRE está assumindo, com o “Sujeira não é legal”, o papel de orientadores para uma campanha salutar em prol do bem comum. “A partir da experiência no acompanhamento do processo eleitoral, apresentamos referências positivas para um processo eleitoral mais tranquilo, a partir do qual nossa população possa se orgulhar de termos em Minas uma campanha eleitoral com padrões elevados, sem sujeira”, destaca Rogério Tavares, assessor de comunicação do TRE-MG.


O presidente do TRE-MG, desembargador Baía Borges, destacou, durante o lançamento do projeto, a necessidade de os partidos políticos e os candidatos perceberem a importância de se fazer uma campanha eleitoral sem agressões, que tenha a apresentação de ideias como prioridade. O lançamento teve ainda a apresentação de uma peça de teatro abordando a importância da conservação da limpeza urbana nas cidades durante a campanha eleitoral. A apresentação foi feita pelo grupo de teatro “Até tu SLU”, composto por estudantes do Teatro Universitário da UFMG e da Escola de Teatro da Fundação Clóvis Salgado (Palácio das Artes).


No lançamento da campanha houve ainda um lembrete bem humorado para os dirigentes partidários. Eles foram presenteados com buquês de vassourinhas, como uma forma simpática de sensibilizá-los quanto aos objetivos do projeto. Todos os presentes receberam também um Manual para candidatos e partidos, com as dicas para uma campanha eleitoral limpa, segura e tranquila.


A campanha contará com vídeos, spots de rádio, cartazes e outras peças publicitárias, que começaram a ser veiculadas ao grande público neste mês, quando começou a campanha eleitoral. O projeto surgiu da meta da Justiça Eleitoral mineira de atuar não só como agente repressor, que aplica multas a quem não cumpre a legislação eleitoral. A intenção é atuar preventivamente para levar a informação correta sobre as melhores condutas nas campanhas eleitorais.


Caso o morador flagre qualquer tipo de ação que vá contra as normas e dicas do TRE, ou ainda que tenha muros pintados sem autorização, as denúncias podem ser feitas pelo telefone 181, o Disque Denúncia.

 
 

Rua Cristiano Moreira Sales, 150, Sala 810, Bairro Estoril - Belo Horizonte - Minas Gerais. CEP: 30.494-360. Telefones: (31) 2127-2428 / (31) 99128-6880