› Home  › Notícias  › Notícia

Interação social através do esporte

Interação social através do esporte

 

O Buritis é um bairro recheado de quadras, campos society e, consequentemente, de campeonatos. Mas uma competição em si, que começou no dia 10 de abril, tem uma função especial. O “Joga Craque”, organizado pela Associação Ponto Cultural, em parceria com o centro de esportes W11, vai além de um simples campeonato. Sua intenção principal é a busca pela interação e incentivo às crianças carentes que fazem parte do projeto “Recreação e Arte”.

 

De acordo com o idealizador do campeonato, a competição é um incentivo a mais que as crianças carentes têm para seguir o projeto e, assim, conhecer um caminho alternativo às drogas e a violência. “Já conseguimos resgatar diversas crianças do mundo das drogas e encaminhar diversas delas para um futuro melhor. Elas sabem que têm que seguir o estatuto da Associação, que inclui frequentar a escola corretamente, para poder também participar do projeto. E o esporte é o grande incentivo que elas têm para seguir as normas à risca, sendo o campeonato um motivacional a mais”, destaca Luiz Fernando Morais Torres, professor de futebol society da Associação.

 

Como a intenção do “Joga Craque” é ser um complemento do projeto “Recreação e Arte”, dentre os 20 times que participam do torneio, vários são de escolas estaduais e projeto sociais. “A ideia era fazer uma competição barata, para poder colocar nossas escolinhas, que não temos condições de participar de certas competições pelo preço da inscrição, e alongar ao máximo para que as crianças tenham o incentivo por um grande período. E está funcionando. Eles estão muito motivados. Outro objetivo é a interação que as crianças têm, tanto daquelas com melhor condição social, como os menos favorecidos”, lembra o professor.

 

Para a presidente da Associação Ponto Cultural, Patrícia Cesário Coimbra, o torneio é muito importante porque o esporte é um dos maiores instrumentos de socialização das pessoas. Mas nem só de futebol o “Recreação e Arte” funciona. Segundo a idealizadora do projeto, o esporte é apenas uma das ferramentas usadas para atrair as crianças. “Nosso trabalho é um programa de socialização infanto-juvenil que tem como objetivo o desenvolvimento educacional através do esporte, arte e cultura. Para conseguirmos resgatar uma criança das ruas utilizamos métodos como o futebol society, balé clássico, musicalização e oficina roda viva”, explica.

 

 
 

Rua Cristiano Moreira Sales, 150, Sala 810, Bairro Estoril - Belo Horizonte - Minas Gerais. CEP: 30.494-360. Telefones: (31) 2127-2428 / (31) 99128-6880