› Home  › Notícias  › Notícia

Transferência de título de eleitor termina no dia 05 de maio

 

    O Buritis é um bairro com um número de jovens e adultos bastante expressivo. Estima-se que aqui moram cerca de 30 mil pessoas com mais de 16 anos, ou seja, aptas a votar. Contudo, por ser um bairro relativamente jovem, a grande maioria dessas pessoas cresceram em outros bairros e cidades e, consequentemente, grande parte delas não votam aqui.
 
    Mas essa característica vem mudando em relação às eleições passadas. Em 2008, nas eleições municipais, por exemplo, o número de eleitores era de 4.449. Para a eleição que acontece neste ano, são 5.620 distribuídos nas oito seções eleitorais do UniBH e Escola Americana. Isso mostra que os moradores, além de buscar comodidade podendo exercer a cidadania bem perto de casa, também têm a consciência de que votar aqui é de suma importância para buscar de melhorias para a nossa comunidade. Basta lembrar que o JORNAL DO BURITIS em anos eleitorais sempre faz a campanha incentivando a transferência de titulo de eleitor para o bairro e isso está dando certo.
 
    A eleição de outubro, para deputados, senadores, governador e presidente, parece estar longe, mas para quem quer transferir ou retirar o título de eleitor, o Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) aconselha aos eleitores a se anteciparem com seus pedidos para evitar tumulto. Dia 5 de maio é a data limite para aqueles que pretendem votar nas eleições do dia 3 de outubro deste ano. A data, estipulada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), vale também para quem quiser se transferir de município ou de zona eleitoral. O eleitor com necessidades especiais também tem somente até o dia 5 de maio para solicitar transferência para uma seção de fácil acesso, lembrando que o bairro pertence à 332ª zona eleitoral.
 
    Rogério Tavares, assessor de imprensa do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG), afirma que o procedimento é simples, desde que seja feito com antecedência, do contrário, tumulto é a consequência. “A recomendação do TRE é de que as pessoas que querem fazer inscrição ou transferência do título de eleitor o façam o mais rápido possível. Quem deixa para última hora acaba por enfrentar fila”, diz. Entre as maiores dúvidas dos eleitores estão os lugares de votação e por isso todos devem se informar antes do dia do pleito onde é sua seção.
 
    Outra grande duvida é a ordem de votação. No dia 3 de outubro o eleitor votará primeiro para deputado estadual, digitando cinco números; depois deputado federal, quatro números; dois senadores, digitando três números para cada; governador, dois números; e por último para presidente, também digitando dois números. “É interessante que os eleitores levem uma ‘colinha’ com os números dos candidatos escolhidos, já que ao todo são seis candidatos a serem votados”, aconselha Rogério.
 
    Quem vai fazer inscrição eleitoral ou fazer a transferência de título deve levar um documento oficial de identidade, com foto (carteira de identidade, carteira de trabalho, carteira de motorista). Também é importante levar um comprovante de endereço. Para os homens com mais de 18 anos, é imprescindível apresentar o certificado de alistamento militar.
 
    “No caso das transferências, o eleitor deve procurar o cartório eleitoral responsável por sua nova residência. O eleitor que estiver com o título cancelado ou suspenso também deve regularizar sua situação, caso contrário não poderá votar, já que seu nome não irá constar da folha de votação de sua seção eleitoral”, informa Rogério.
 
    Os cartórios eleitorais da capital funcionam das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira. Aos interessados, recomenda-se não deixar as providências para a última hora, para evitar filas, bem como se informar sobre o endereço do cartório responsável por seu bairro, para não correr o risco de ir a lugar errado. O cartório eleitoral do Buritis fica situado na avenida do Contorno, 7038, Lourdes (ao lado do colégio Estadual Central). Informações podem ser obtidas pelo serviço Disque-Eleitor, através do telefone 3291-0004, de 07 às 19 horas.
 
    O voto é exercício de cidadania, obrigatório para quem tem entre 18 e 70 anos. Desobedecer a essa norma impede a retirada de CPF e passaporte, participação em concurso público, ingresso em cargo público, renovação de matrícula em estabelecimento de ensino oficial, obtenção de empréstimo em estabelecimento mantido pelo Governo e recebimento de salário (se servidor público). Para aqueles com 16 e 17 anos e os maiores de 70, o voto é facultativo.
 
    Confira, a seguir, os endereços dos cartórios eleitorais de BH. Mais informações sobre os endereços de todos os cartórios eleitorais do Estado podem ser obtidas no site www.tre-mg.gov.br.
 
 
ZONA
ENDEREÇO
36ª e 333ª
Rua Alcino Vieira, 67, Barreiro
38ª e 334ª
Rua Padre Pedro Pinto, 5020,
Mantiqueira – Venda Nova
26ª, 34ª, 35ª, 30ª, 33ª, 28ª, 29ª, 31ª, 32ª, 37ª, 332ª e 331ª
Avenida do Contorno, 7038, Lourdes
 
 
 
 

Rua Cristiano Moreira Sales, 150, Sala 810, Bairro Estoril - Belo Horizonte - Minas Gerais. CEP: 30.494-360. Telefones: (31) 2127-2428 / (31) 99128-6880